sábado, 28 de junho de 2014

Resenha {Livro} - Quem é você, Alasca? (John Green)

Um menino que coleciona "últimas palavras". É com essa premissa que começa Quem é você, Alasca?, livro de estréia de nosso querido tio Green <3 (e minha quarta leitura do universo Nerdfighter). O história, dividida em duas partes - antes e depois - começa com Miles "Gordo" Halter semanas antes de entrar em seu novo colégio interno no Alabama. Sem amigos e vivendo uma vida "comum", o garoto decide ir ao tal colégio - Culver Creek - buscando mudar sua vida, que ele define como seu "Grande Talvez".
Ao chegar no colégio, Miles conhece Chip, seu colega de quarto - de quem recebe o apelido "Gordo". Chip é um garoto bastante inteligente, gosta de aproveitar a vida com seus amigos, pregar peças em seus "não amigos", odeia os garotos ricos-mimados do colégio e é amigo de Alasca; Alasca, a garota que encanta Miles desde o primeiro dia que ele a vê - quando Chip (também conhecido como Coronel) vai comprar cigarros com ela - impulsiva, louca, com mudanças drásticas de humor... o tipo de personagem único que encanta (e agora sei porque Miles gosta dela desde quando a conhecê).

"[...] Ela era apaixonante. Eu era irremediavelmente sem graça. Ela era infinitamente fascinante. Então voltei para o meu quarto e desabei no beliche de baixo, pensando que, se as pessoas fossem chuva, eu era garoa e ela, furacão."
(John Green, p. 91)

No decorrer dessa parte da história - o antes - Miles, Coronel, Alasca e Takumi (amigo do Coronel e da Alasca e agora amigo de Miles) aproveitam os dias em Culver Creek como podem enquanto têm que enfrentar as duras horas de estudo. Um grupo de adolescente digno de filmes americanos de High School... bem, quase. Com seus problemas, suas ambições, seus medos, seus desejos, suas inseguranças, o grupo vai integrando Miles nos "costumes" da escola - trotes para fazer, fumar escondidos, fugir do cisne mordedor-louco, coisas assim - e Miles sabe então o que é ter amigos de verdade. 

Coronel, Lara (outra personagem cativante), Miles, Takumi e Alasca

Em seguida vem a segunda parte - o depois - e... eu tenho que parar por aqui senão vai sair spoiler e dos grandes! Posso só adiantar que nessa segunda parte o grupo sai em busca de respostas. Ninguém entende porque algo aconteceu e anseiam de toda maneira descobrir o motivo, isso sem perder o "bom costume" dos trotes. 

John Green e suas narrativas incríveis! Mais uma vez me vi envolvida numa história criada por ele, não queria largar o livro um minuto sequer (mesmo estando lendo outro paralelamente - Silo, de Hugh Howey - igualmente bom). Terminei a leitura hoje de manhã e estou com saudades de Miles e cia., especialmente do Coronel, meu personagem favorito \0/ 
Não sei porque demorei tanto a ler esse livro. Sempre ouvi falar muito bem dele, mas ficava com um pé atrás; nem sei o porque disso. Resolvi então por um fim a essa minha relutância e peguei o livro semana passada na livraria onde eu trabalho. Não me decepcionei e agora entendo o motivo de muitos dizerem que esse é o melhor livro do tio Green. Na verdade, meu favorito continua sendo A culpa é das estrelas, mas esse com certeza entrou na minha lista de livros que gosto muito. 

Meu boneco do goleiro Júlio Lightyear (piada pós-jogo do Brasil :P) se rendeu aos encantos de Quem é você, Alasca?

Enfim, leitura recomendadíssima a todos e todas!
Ah, já ia esquecendo de uma coisa: o livro será adaptado para filme. Ainda não há informações quanto ao elenco e a data, só o que se sabe é que será após a adaptação de Cidades de Papel (gravações previstas para o ano que vem) e que serão os mesmos produtores de (500) Dias com ela. Tá aí mais um motivo para ler ;)

226 páginas | 2° edição | 2013 | WMF Martins Fontes



quarta-feira, 18 de junho de 2014

Casella di Posta #19


Boa tarde caros leitores e leitoras do meu Brasil! Tudo bem com vocês?
Hoje trago um novo post da coluna Casella di Posta (saudades dessa coluna ), onde coloco os novos livros que ganhei, troquei ou comprei nos últimos dias ^-^ (no caso dessa, nos últimos meses).
Então... em abril foi meu aniversário. E meus amigos, que já conhecem meu vício gostoso pela leitura, me presentearam com diversos livros maravilhosos! Vamos a eles?
Ganhei esse livro de presente de aniversário da minha amigooona da faculdade, a Dani :) Ela disse que escolheu esse livro por causa do nome da autora (Bella), que lembra meu apelido (Belle ^^). Já tinha ouvido falar dos livros dessa autora e tinha vontade de ler. Agora poderei em breve :)

Esse quem me deu foi minha tia madrinha :D Não conhecia a história, procurei a sinopse na internet e achei interessante. Espero poder ler logo ^-^

Meu primeiro livro do Augusto Cury. Meu amigo da faculdade (Gledy!) me deu porque seremos professores um dia (espero né :P), e ele sabe que eu nunca li os livros do Cury. Segundo meu amigo, os livros desse autor são muito bons e eu precisava ler algum livro dele. Bem, vejamos no que vai dar XD

Livro novo do Bob ^0^ Ganhei ele da minha amiga Gabi, leitora e blogueira como eu (conheçam o blog lindo dela: Livro, filme e cia. ). Um livro fofíssimo, cheio de fotos do Bob no final  Obrigada Gabi :D Mal posso esperar para ler.

Esse livro ganhei da minha amiga Carla, minha parceira de cantorias, leitora voraz e afins :D Ela escolheu esse porque queria me dar um livro "diferente", que eu com certeza não teria; acertou em cheio! Mal posso esperar para ler *-* Curiosamente, esse livro é do mesmo autor de Maldito Karma (resenha aqui), um livro super divertido que tive a oportunidade de ler ano passado, então tenho certeza que esse não vai me decepcionar ;)

E essas lindezas meu amigo Hellon me deu de presente. Já tinha ouvido falar dessa série (até mesmo por conta da série de TV), mas nunca parei para ler resenhas e afins; li então sinopses, resenhas, opiniões e minha curiosidade foi aumentando a cada opinião lida. Espero poder ler em breve *-*

Lindos, não?! E eu, é claro, não poderia deixar de me presentear com livros (\0/). Comprei os seguintes livros:
Livrinho acadêmico. Comprei-o por dois motivos: a) teoria literária (minha área de estudos) e b) a capa (esses livros na foto me encantaram *-*). Ainda não li, provavelmente só irei ler na Pós (falta pouco *-*) e é isso ^^'

A versão mais linda do mundo das primeiras aventuras do maior detetive de todos; como não amar?! Estava namorando essa edição lindíssima desde que comecei a assistir a série Sherlock da BBC (estou devendo uma resenha dela para vocês ^^'); além dessa capa maravilhosa, ela conta com um prefácio do Mark Gatiss, ator e produtor das séries Sherlock e Doctor Who. Se estou ansiosa para ler, claro ou com certeza?! *-*

Surgiu promoção no Submarino quando fui comprar o livro de teoria literária e acabei comprando O Silmarillion. Desde que li a série O Senhor dos Anéis e O Hobbit estava com vontade de ler esse, mas sempre encontrava-o nas lojas por preços absurdos O.o Até que "tio Submarino" surgiu com uma promoção muito boa dele e não resisti: me dei de presente :3 Ansiosíssima para ler!

Por fim, ganhei esse nas cortesias do skoob. Mais uma vez tive uma surpresa ao chegar a casa e encontrá-lo numa embalagem da Harlequin me esperando. Minha mãe pegou logo pra ler, leu e gostou :) Vem duas histórias; espero poder ler em breve. 


Lombadinhas, minha paixão

------------------------------------------------------------
E é isso pessoal :) Livrinhos novos que estou mega ansiosa para ler \0/ (e trazer as resenhas pra cá :D).
Beijinhos a todos e até a próxima.

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Love is in the air...♥

Boa noite caros leitores e leitoras do meu Brasil! E ai, como passaram o dia hoje? Abertura da Copa do Mundo (pra quem comemora ^^), Dia dos namorados, feriado *---* Anyway, um dia como outro qualquer... ou não :P De qualquer forma, não poderia deixar o dia de hoje passar despercebido... o dia daqueles que se amam, seja qual amor for ^-^
Aqui no Brasil o Dia dos Namorados é comemorado numa data diferente como é em outros países, assim como é comemorado de maneira diferente também. Nos EUA, por exemplo, não só os amantes presenteiam uns aos outros no dia dos namorados (Dia de São Valentim/Valentine's Day), mas também amigos, parentes, enfim, todos aqueles que se amam. E a data é outra também: 14 de fevereiro.
Já no Brasil, comemora-se o dia dos namorados em 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio, santo conhecido como "casamenteito". ^-^ É uma data bonita, fofinha, na qual os casais (namorados, noivos, marido/mulher) presenteiam uns aos outros. 
E para homenagear esse dia especial, fiz uma lista com alguns casais fofos da ficção. Vamos a eles?

Hazel e Gus, de A culpa é das estrelas

Quatro e Tris, de Divergente

Anna e Kristoff, de Frozen

Katniss e Peeta, de Jogos Vorazes

Hermione e Rony, de Harry Potter  ♥

Arwen e Aragorn, de O senhor dos anéis

Annabeth e Percy, de Percy Jackson e os Olimpianos

Mary e John, de Sherlock

Dragoa e Burro, de Shrek

Branca de Neve e Príncipe Encantado (Snow & Charming), de Once Upon a Time

Lady Sybil e Tom Branson, de Downton Abbey

Para encerrar esse post, deixo uma música para vocês ouvirem (bem fofinha ^^)

Cover da música Thousand Years, da Christina Perri, feito pelo grupo The Piano Guys

-----------------------------------------------------------
Tem algum casal que vocês gostem que eu não coloquei na listinha? Deixem nos comentários, vou adorar lê-los e reponde-los ^^ 

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Resenha {Livro} - Praticamente inofensiva (Douglas Adams)

Boa tarde caros leitores e leitoras do meu Brasil! Como estão?
Desculpem-me pelo sumiço. Maio foi um mês bastante corrido e junho começou com agitação total!! Tenho tantas novidades para contar... mas isso fica para outro post ;)
Anyway, inicio hoje as postagens de junho com a resenha do último livro da famosa trilogia de cinco livros de Douglas Adams. Então, sem mais delongas, vamos a resenha :)

E chega o "fim" das aventuras de Arthur Dent e Ford Prefect. Nesse "último" livro da trilogia de cinco (último entre aspas por que tem um sexto livro que não é de autoria do Douglas Adams, então muitos não o consideram como parte da série ^^') cada personagem aparece sozinho em situações diferentes.
Arthur Dent estava viajando com Fenchurch pela galáxias quando subitamente ela desaparece, deixando Arthur desolado. Assim, ele acaba indo a vários planetas em busca de algo que seja o mais parecido possível com a Terra, chegando a planetas como EAgora (um planeta completamente entediante) e Lamuella (onde se estabelece como o fazedor de sanduíches e acredita ser o mais parecido possível com a Terra).
Enquanto isso, Ford Prefect retorna a sede do Guia e descobre que tudo mudou, o Guia fora comprado por uma empresa chamada InfiniDin e está agora sob nova gerência. Ele fica bastante irritado com essa mudança e resolve descobrir o que está por trás disso, passando por situações inusitadas (até mesmo para essa série XD) enquanto está no prédio do Guia.
Temos ainda a presença de uma nova personagem, Tricia, uma repórter britânica que passa por experiências com alienígenas do 10° planeta recém descoberto, o Planeta Rupert.
Junte a isto a volta inusitada de Trillian e seu envolvimento com Arthur. 

"[...] Nada viaja mais rápido do que a velocidade da luz, com exceção talvez das más notícias, que obedecem a leis próprias e especiais [...]"
(Douglas Adams, p.5)

Cheio de ironias como só as histórias de Douglas Adams conseguem, essa conclusão da série não é exatamente uma conclusão. Algumas questões dos livros anteriores foram esclarecidas, entretanto outras surgiram ao longo da história e acabaram não sendo respondidas, como o sumiço de alguns personagens (senti falta do Marvin).
Achei esse livro parece um tanto desconexo dos demais, como um livro extra. Mas o isso não o faz um livro de todo ruim. É bem louco, mais louco até que os anteriores, mas é bom. Confesso que no começo tive certa dificuldade para ler, mas depois a leitura foi fluindo e quando vi já havia terminado de ler o livro.

De qualquer forma, leitura recomendada. Só é uma pena que essa série tenha chego ao fim. Sentirei falta de Arthur, Ford e Cia.

191 páginas | 1° edição | 2010 | Arqueiro