segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

{Mese Letterario - Fevereiro/2016}

Boa tarde, queridos leitores e leitoras. Hoje trago mais uma sessão do Mese Letterario, onde falarei um pouquinho sobre minhas leituras do mês. Vamos lá?

Esse mês foi bastante produtivo quanto às leituras. Li bem mais do que o esperado (uhu \0/), incluindo uma continuação que eu tava louca pra ler *-* No total foram sete livros, incluindo dois curtinhos (cada um sendo um conto de uma série).

A primeira leitura do mês foi O casamento, da Beth Fantaskey
Título original: The wedding
Ano de lançamento: 2012 (Brasil)
Editora: Arqueiro
87 páginas
Um dos livros de conto que eu li esse mês foi esse. Nesse pequeno conto, somos presenciamos os dias anteriores e o dia propriamente dito do casamento de Jessica e Lucius, da série Como se livrar de um vampiro apaixonado. É um conto intermediário entre os dois outros livros da série, Como se livrar de um vampiro apaixonado e Como salvar um vampiro apaixonado. Demorei séculos para ler esse conto porque sempre encontrava ele disponível apenas para leitura online, e como não é sempre que tenho acesso à Internet, acabei desanimando de ler. Mas esse ano, após ver a publicação de um amigo que tinha acabado de ler o conto, lembrei de procurá-lo em pdf (como não pensei nisso antes?! shame on me :S) e, para minha surpresa e alegria, lá estava ele, esperando para ser baixado e lido. Baixei e logo o devorei num dia (ele é curtinho ^^). Foi maravilhoso reencontrar os personagens que há tanto tempo não via (li o primeiro livro logo que lançou aqui no Brasil e o segundo em 2014, então já faz um tempinho), mesmo que por pouco tempo.
Quem ainda não leu esse conto corre já pra ler porque vale muito à pena!

A segunda leitura do mês foi Harry Potter e a ordem da fênix, da J.K. Rowling (diva <3)
Título original: Harry Potter and the order of the phoenix
Ano de lançamento: 2003 (Brasil)
Editora: Rocco
702 páginas
Continuando com o projeto #vamosrelerHP, esse mês foi a vez de reler Harry Potter e a ordem da fênix, o maior livro da série! Seguindo o mesmo ritmo e tom do quarto livro, ele mostra cada vez mais o lado sombrio e adulto da série, onde vemos um crescimento enorme dos personagens, sejam eles principais ou secundários; é ainda um livro com fortes emoções... Não vou comentar mais nada para não soltar spoilers, sem contar que ainda quero falar (e muito) dele em sua resenha, que (espero) em breve estará aqui no blog.

A terceira leitura foi Half bad, da Sally Green
Título original: Half bad
Ano de lançamento: 2014 (Brasil)
Editora: Intrínseca
301 páginas
Esse livro se mostrou uma surpresa boa; ou melhor, não só esse livro como a série (como veremos mais pra frente). Eu acabei me dando ele de presente ao comprá-lo para minha amiga oculta quando ela já tinha comprado um exemplar pra ela (resolvi ficar com o livro pra mim e me propus a ler esse ano). Aí ele acabou sendo o sorteado do mês da minha TBR Jar, então peguei-o para ler logo assim que terminei de reler Harry Potter. E no final das contas acho que foi ele que me pegou, porque eu comecei a ler e não queria mais parar! Basicamente é uma história sobre bruxos (sim, bruxos *-*), mas que foge do convencional, inclusive na escrita. Contarei mais detalhes na resenha dele, que sairá em breve aqui no blog ;)

A quarta leitura foi Half lies, da Sally Green
Título original: Half lies
Ano de lançamento: 2015 (Brasil)
Editora: Intrínseca
90 páginas
Quando terminei de ler o Half bad fiquei louca para ler a continuação, Half wild; como eu ainda não tinha o livro (e não tenho o físico até agora, só em ebook) acabei descobrindo meio que por acaso esse conto (que a princípio eu pensava que era o terceiro livro - shame on me again); então logo adquiri-o (em ebook também - esse só tem disponível em ebook mesmo) e devorei-o numa madrugada. Ele se passa no mesmo universo da série do Half bad mas conta a história de outros personagens que não são os principais (na verdade, alguns nem são mencionados no outro livro). Contarei mais detalhes na resenha dele (que também virá ao blog logo logo), mas já adianto: se preparem!

A quinta leitura foi Uma teoria da adaptação, da Linda Hutcheon
Título original: A theory of adaptation
Ano de lançamento: 2013 (Brasil)
Editora: Editora UFSC
280 páginas
Enfim consegui ler esse livro completo! Eu havia lido um capítulo dele numa das disciplinas da pós ano passado e fiquei apaixonada pelo tema (tanto que decidi fazer minha monografia da pós seguindo essa temática de adaptação). O legal e diferencial desse livro é que ele fala de adaptação não somente da forma como estamos acostumados, ou seja, de livro para filme; pelo contrário: a autora defende todo tipo de adaptação, seja de livro para filme, de filme para livro, de vídeo game para livro, até mesmo de filme para filme! Enfim, ela abre diversos caminhos para quem deseja seguir essa linha de estudo/pesquisa, explicando tudo de maneira bem clara e objetiva, com exemplos do nosso cotidiano (gente, fala até de Harry Potter e O senhor dos anéis, não tem como não amar <3). Agora é reler com mais atenção (e até mesmo com mais calma) pra fazer as anotações necessárias pra minha pesquisa.

A sexta leitura foi A maldição do tigre, da Colleen Houck
Título original: Tiger's curse
Ano de lançamento: 2011 (Brasil)
Editora: Arqueiro
311 páginas
Eu não pretendia ler esse livro esse mês. Na verdade, não pretendia ler ele tão cedo! Mas como nesse sábado agora será dia de Clube do Livro (prometo trazer o post sobre o novo clube do livro em breve) e o tema desse encontro do clube será essa série, resolvi arriscar (apesar de sempre ouvir elogios sobre a história) e li o primeiro livro. Em mais ou menos uns três dias eu havia terminado essa leitura e já estava ansiosa para ler a continuação e os demais livros.
A história foca numa personagem que é apresentada à cultura da Índia ao ser uma espécie "escolhida" para libertar dois príncipes que sofreram uma maldição há muitos ano, e no decorrer da história somos apresentados à bela e rica cultura indiana, que me deixou encantada logo de cara (junte-se a isso o fato de estar reprisando agora na Globo a novela Caminho das Índias, que eu assisto às vezes com a família); foi paixão à primeira lida! Agora estou só aguardando uma boa promoção dos livros para ter meus exemplares e ler os outros livros dessa série que tem tudo para ser maravilhosa.

E por fim, minha sétima (e última) leitura desse mês foi Half wild, da Sally Green
Título original: Half Wild
Ano de lançamento: 2015 (Brasil)
Editora: Intrínseca
332 páginas
Encerrando meu fevereiro proveitoso de leituras, consegui um exemplar digital de Half wild e não aguentei nem mais um minuto quando terminei de ler o Maldição do tigre: peguei logo para ler.
Nesse volume, a saga do bruxo meio-Sombras e meio-Luz Nathan em busca de seus objetivos continua, e algumas perguntas deixadas no livro anterior são respondidas, da mesma forma que outras questões são levantadas.
Agora é aguardar ansiosamente o lançamento da continuação dessa série que me conquistou sem eu nem esperar (e também aguardar uma boa promoção do livro físico para garantir meu exemplar *-*).

Entre minhas leituras do mês a melhor foi Harry Potter e a ordem da fênix (❤) por motivos de... HP, né gente?!  Mas foi beeeeeem difícil de escolher um só, já que gostei de todos os livros que li; e por isso, não escolhi nenhum livro como o "pior" (impossível quando só há livro perfeito *-*).
Gostei bastante do meu saldo de leituras de fevereiro e espero que no decorrer do ano esse ritmo continue ^^'

E vocês, o que leram esse mês? E quais pretendem ler a seguir? Já leram ou ouviram falar de alguns dos livros citados?

Deixem nos comentários ;)

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

{Te lo dirò} Projeto vamos reler Harry Potter

2016 definitivamente é o ano dos Potterheads ♥ A adaptação cinematográfica de Animais Fantásticos e Onde Habitam, spin-off da série do bruxinho, está quase aí (chega logo, novembro *-*); foi anunciada (finalmente!) a publicação do oitavo livro, Harry Potter and the Cursed Child (Harry Potter e a Criança Amaldiçoada), publicação esta do roteiro da peça homônima, ainda este ano; nossa querida tia J.K. Rowling não para de atualizar o Pottermore, onde colocou recentemente informações sobre as outras escolas mágicas pelo mundo, inclusive a brasileira (Castelobruxo, aí vou eu \0/). Aí, é muita coisa boa pros corações Potterheads...
Somado a isso, alguns blogueiros e booktubers criaram o projeto Vamos reler HP, que se trata de um mini desafio literário cujo objetivo é reler (ou ler, para quem ainda não leu a série Harry Potter) os sete livros de J.K. Rowling, sendo cada leitura para um mês. Simples, não?! E eu, como boa Potterhead que sou, não poderia ficar de fora dessa *-* Como comecei a reler a série em 2014, resolvi participar do desafio a partir do último livro que eu li aquele ano, que foi Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, terceiro livro da série. Sendo assim, li Harry Potter e o Cálice de Fogo em janeiro, li Harry Potter e a Ordem da Fênix nesse mês, mês que vem lerei Harry Potter e o Enigma do Príncipe e em abril lerei o sétimo e último livro da série, Harry Potter e as Relíquias da Morte (no mês do meu aniversário; é bom demais da conta *-*).
E como parte do desafio, me propus a resenhar cada livro após reler, então até o final desse ano vocês encontrarão aqui no blog a resenha dos sete livros da série - os livros um, dois, três e quatro já possuem suas respectivas resenhas (confira na página de resenhas clicando aqui).
Para encerrar o post, deixo aqui meu convite a todos os leitores e leitoras para participarem desse projeto, seja para reler reencontrar nosso amado bruxinho e companhia, seja para conhecê-los pela primeira vez e se encantar com essas histórias magníficas; e postem fotos com o progresso de vocês usando a hashtag #vamosrelerhp 



sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Confira a capa oficial da edição impressa de "As GRANDES aventuras de Daniella"


Depois de nos divertir e emocionar com suas GRANDES aventuras na versão em ebook, Daniella está de volta, agora em exemplar físico, que será lançado em breve pela Editora Arwen. A capa oficial da nova edição foi recentemente divulgada pela autora, que vocês podem conferir a seguir, junto com a sinopse para quem ainda não conhece esse chick-lit maravilhoso (a resenha publicada no blog vocês conferem clicando aqui

Confira a sinopse!
Título: As GRANDES Aventuras de Daniella 
Autor: L. L. Alves 
Gênero: Chick-lit
Editora: Arwen
Pré-venda: 23 de março de 2016
Sinopse:
Bom, o que eu tenho a dizer sobre esta história maluca que estou prestes a contar? É simples: vocês não vão acreditar. Sério mesmo. Vai parecer loucura, com minha boca suja, dois pés esquerdos, noites inusitadas e quilinhos a mais (muito mais, mas não vamos entrar em detalhes...). Mas vou fazer o quê? É a verdade. E eu vou contar para vocês porque... Sei lá. Na verdade, eu nem devia estar contando, alguns de vocês vão se chocar.
Ainda está aqui? Bom, o risco é todo seu. Prepare-se.
Ah, é verdade, esqueci de me apresentar (típico). Meu nome é Daniella Fagundes, vinte e oito anos, namoro com o Thiago há dois anos e posso dizer que tudo está mais que perfeito! (xi, exagerei agora, né?). Também adoro comer e sou diferente de qualquer outra mulher que já tenha contado sua história para vocês. Por quê? Porque sou uma daquelas mulheres conhecida como gordinha. Sabe como é? Eles não se referem a mim como a sagaz Daniella ou a superconfiante Daniella. Sou apenas a gordinha do grupo. Sempre tem que ter um, não é?

Bom, é isso aí, acho que deu para entender. Afinal, vocês estão prestes a conhecer as minhas aventuras de autoconhecimento e de... Comece a ler, ué. Não quer perder um segundo, quer?

SOBRE A AUTORA
L. L. Alves, nome artístico de Luene Langhammer Alves, é formada em Letras – Língua e Literaturas Inglesa pela Universidade Federal de Santa Catarina e escreve desde os 13 anos de idade, tendo produzido mais de dez livros e diversos contos.
Autora da saga fantástica Instituição para Jovens Prodígios, do romance Mudanças e do new adult Sebo Fernandes pretende continuar escrevendo cada vez mais livros intrigando o mundo com seus mistérios e fantasia e nunca deixando a vontade de chegar à última página passar.








terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Resenha {Livro} - Harry Potter e o Cálice de Fogo (J.K. Rowling)

Depois de um ano sem reler nenhum livo da série, comecei 2016 com o pé direito e reli Harry Potter e o cálice de fogo, quarto livro da série Harry Potter, que eu comecei a reler na ordem em 2014 mas parei devido à correria na faculdade e no trabalho. Espero que esse ano eu consiga terminar de reler todos ^^'
(A resenha do primeiro livro vocês encontram aqui, do segundo, aqui e do terceiro, aqui).
Então, sem mais delongas, vamos à resenha.
Iniciado com um pequeno prólogo, o quarto livro da série Harry Potter trás um ar mais sombrio que seus antecessores, onde vemos ares temos um vislumbre do poder que Voldemort possuía e toda a maldade que espalhava.

”[...] Todas as versões, porém, começavam no mesmo ponto: cinquenta anos antes, ao amanhecer de uma bela manhã de verão, quando a casa dos Riddle ainda era bem cuidada e imponente, uma empregada entrou na sala de estar e encontrou os três Riddle mortos.”
(J.K. Rowling, p.7)

Harry Potter, por outro lado, está de volta à Rua dos Alfeneiros enquanto aguarda o início de seu quarto ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Após a descoberta de seu padrinho, Sirius Black, Potter não vê a hora de voltar à escola, rever seus amigos e se possível, seu padrinho, com quem tem mantido contato através de cartas. Por sorte do jovem bruxo, seu amigo, Rony Weasley, o convida para passar o final das férias em sua casa para que possam assistir à final da Copa Mundial de Quadribol, que reunirá bruxos e bruxas do mundo todo em Londres a fim de verem a partida entre os jogadores da Bulgária e da Irlanda. 
Tudo transcorre bem durante a emocionante partida; mas é após ela que surge uma enorme confusão, onde trouxas são ameaçados por bruxos encapuzados e uma estranha marca surge no céu, fazendo com que o Ministério da Magia tenha que intervir para a segurança de todos.
Passados alguns dias, Harry e seus amigos retornam à Hogwarts e descobrem que sua escola sediará naquele ano um magnífico evento envolvendo outras escolas mágicas: O Torneio Tribruxo.

“Como eu ia dizendo - recomeçou ele, sorrindo para o mar de alunos à sua frente, todos ainda mirando Olho-Tonto Moody, paralisados -, teremos a honra de sediar um evento muito excitante nos próximos meses, um evento que não é realizado há um século. Tenho o enorme prazer de informar que, este ano, realizaremos um Torneio Tribruxo em Hogwarts.”
(J.K. Rowling, p. 151)

Neste torneio, três escolas de magia (Hogwarts, Beauxbatons e Durmstrang) selecionam um representante (seu Campeão), e estes campeões deverão participar de três tarefas que testarão sua astúcia e perícia em magia. O evento, há muito não realizado, foi finalmente refeito em Hogwarts; e como medida de proteção, fora decidido que naquele ano somente alunos maiores de idade poderiam participar do torneio. Assim, Harry, Rony e Hermione, bem como muitos outros estudantes, ficaram de fora da eleição como campeões de Hogwarts. Harry, porém, acaba sendo escolhido como um dos campeões da escola junto com Cedrico Diggory (também estudante de Hogwarts, mais velho, da casa Lufa-lufa), embora não tenha tentando participar, o que deixa Rony, seu melhor amigo, bastante irritado, pois pensara que Harry tentou participar mas não havia contado aos amigos.

“- Olha - disse Hermione pacientemente -, é sempre você que recebe todas as atenções, você sabe que é. Sei que não é sua culpa - acrescentou ela depressa, vendo Harry abrir a boca, indignado. - Sei que você não quer isso... mas, bem... sabe, Rony tem todos aqueles irmãos competindo com ele em casa, e você é o melhor amigo dele e é realmente famoso, Rony é sempre deixado de lado quando as pessoas veem você, e ele aguenta isso sem reclamar, mas acho que mais essa vezinha foi demais...”
(J.K. Rowling, p.232)

Agora, assustado com a perspectiva de fracassar nas difíceis tarefas do torneio, o que pode levar à sua morte, Harry precisará mais do que nunca da ajuda de seus amigos, de seu padrinho, e de todos que ele poderá contar para salvá-lo nos momentos de maior aflição.

------------------------------------------------

Este é, sem dúvida, um dos melhores livros da série Harry Potter (embora para mim o segundo livro ainda ocupe o lugar de favorito <3), onde vemos claramente a transição da série, antes mais inocente, para algo mais sombrio, como se marcasse uma nova etapa na saga.

583 páginas | 1° edição | 2001 | Rocco





segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Boas vindas à nova resenhista


Bom dia, leitores e leitoras do meu Brasil!!!
Hoje trago uma super novidade do Attraverso le Pagine para vocês. Como vocês devem ter percebido aqui na lateral do blog, agora temos duas blogueiras por aqui, então tenho a honra de lhes apresentar nossa mais nova resenhista, a Karine Ferreira (Moony). A Moony é Historiadora, Potterhead  e fã de Star Wars , e gosta muito de livros como a gente, especialmente livros de fantasia, terror, drama e biografias.
Em breve teremos novas resenhas aqui escritas por ela, mas já posso adiantar uma coisa: tem Star Wars vindo por aí *-*

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Resenha {Livro} - Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (J.K. Rowling)

Boa tarde, leitores e leitoras mais que queridos do meu Brasil. Como estão? Aproveitando o carnaval (seja pra descansar, se divertir nas festas, ler muito, estar com os amigos... <3)
Hoje é dia de mais uma resenha da série que eu amo de montão (e que pretendo terminar de reler esse ano): Harry Potter. A resenha do primeiro livro vocês encontram aqui e do segundo, aqui. Vamos agora à resenha do terceiro livro \0/
Outro ano se passou para Harry e companhia na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Após o inevitável encontro com o herdeiro de Salazar Sonserina no final de seu segundo ano, Harry está de volta à casa de seus tios, os terríveis Dursley, e a visita da irmã do tio Walter, a tia Guida, poderá colocar tudo a perder para Harry. Tendo que praticamente fugir da casa dos tios depois de um incidente mágico envolvendo tia Guida, Harry se vê sem saída, já imaginando que seria expulso por ter usado magia fora da escola. Entretanto, e devido principalmente por acontecimentos recentes que requerem maior atenção da comunidade mágica,  Harry acaba não sendo expulso de Hogwarts. 
Esse, porém, não é o maior de seus problemas. Sirius Black, culpado de ter traído os país de Harry Potter a fim de ajudar Você-sabe-quem, fugira de Azkaban, a prisão para bruxos e bruxas; e com isso, Harry corre mais perigo do que imaginava.

"- Então - disse ele se endireitando. - Todo mundo, do Ministro da Magia para baixo, está tentando manter o famoso Harry Potter a salvo de Sirius Black. Mas o famoso Harry Potter faz as suas próprias leis. Qua as pessoas comuns se preocupem com a sua segurança! O famoso Harry Potter vai aonde quer, sem medir as consequências."
(J.K. Rowling, p. 230)

Ainda bem que Harry pode sempre contar com seus inseparáveis amigos, Rony e Hermione, e com o maior diretor que Hogwarts já teve, Alvo Dumbledore.

"- Você acha que os mortos que amamos realmente nos deixam? Você acha que não nos lembramos deles ainda mais claramente em momentos de grandes dificuldades? Seu pai vive em você, Harry, e se revela mais claramente quando você precisa dele [...] "
(J.K. Rowling, p. 343)

Em meio a aulas esquisitas, novidades no corpo docente da escola e as já costumeiras aventuras do trio de bruxos mais amado de todos, Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban trás a magia e emoção especiais que a série possui, mostrando ainda que nem sempre as pessoas são aquilo que parecem.
Contracapa da primeira edição da Rocco sempre divando e algumas lombadas lindas <3

348 páginas | 1° edição | 2000 | Rocco