terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Resenha {Livro} - Harry Potter e o Cálice de Fogo (J.K. Rowling)

Depois de um ano sem reler nenhum livo da série, comecei 2016 com o pé direito e reli Harry Potter e o cálice de fogo, quarto livro da série Harry Potter, que eu comecei a reler na ordem em 2014 mas parei devido à correria na faculdade e no trabalho. Espero que esse ano eu consiga terminar de reler todos ^^'
(A resenha do primeiro livro vocês encontram aqui, do segundo, aqui e do terceiro, aqui).
Então, sem mais delongas, vamos à resenha.
Iniciado com um pequeno prólogo, o quarto livro da série Harry Potter trás um ar mais sombrio que seus antecessores, onde vemos ares temos um vislumbre do poder que Voldemort possuía e toda a maldade que espalhava.

”[...] Todas as versões, porém, começavam no mesmo ponto: cinquenta anos antes, ao amanhecer de uma bela manhã de verão, quando a casa dos Riddle ainda era bem cuidada e imponente, uma empregada entrou na sala de estar e encontrou os três Riddle mortos.”
(J.K. Rowling, p.7)

Harry Potter, por outro lado, está de volta à Rua dos Alfeneiros enquanto aguarda o início de seu quarto ano na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Após a descoberta de seu padrinho, Sirius Black, Potter não vê a hora de voltar à escola, rever seus amigos e se possível, seu padrinho, com quem tem mantido contato através de cartas. Por sorte do jovem bruxo, seu amigo, Rony Weasley, o convida para passar o final das férias em sua casa para que possam assistir à final da Copa Mundial de Quadribol, que reunirá bruxos e bruxas do mundo todo em Londres a fim de verem a partida entre os jogadores da Bulgária e da Irlanda. 
Tudo transcorre bem durante a emocionante partida; mas é após ela que surge uma enorme confusão, onde trouxas são ameaçados por bruxos encapuzados e uma estranha marca surge no céu, fazendo com que o Ministério da Magia tenha que intervir para a segurança de todos.
Passados alguns dias, Harry e seus amigos retornam à Hogwarts e descobrem que sua escola sediará naquele ano um magnífico evento envolvendo outras escolas mágicas: O Torneio Tribruxo.

“Como eu ia dizendo - recomeçou ele, sorrindo para o mar de alunos à sua frente, todos ainda mirando Olho-Tonto Moody, paralisados -, teremos a honra de sediar um evento muito excitante nos próximos meses, um evento que não é realizado há um século. Tenho o enorme prazer de informar que, este ano, realizaremos um Torneio Tribruxo em Hogwarts.”
(J.K. Rowling, p. 151)

Neste torneio, três escolas de magia (Hogwarts, Beauxbatons e Durmstrang) selecionam um representante (seu Campeão), e estes campeões deverão participar de três tarefas que testarão sua astúcia e perícia em magia. O evento, há muito não realizado, foi finalmente refeito em Hogwarts; e como medida de proteção, fora decidido que naquele ano somente alunos maiores de idade poderiam participar do torneio. Assim, Harry, Rony e Hermione, bem como muitos outros estudantes, ficaram de fora da eleição como campeões de Hogwarts. Harry, porém, acaba sendo escolhido como um dos campeões da escola junto com Cedrico Diggory (também estudante de Hogwarts, mais velho, da casa Lufa-lufa), embora não tenha tentando participar, o que deixa Rony, seu melhor amigo, bastante irritado, pois pensara que Harry tentou participar mas não havia contado aos amigos.

“- Olha - disse Hermione pacientemente -, é sempre você que recebe todas as atenções, você sabe que é. Sei que não é sua culpa - acrescentou ela depressa, vendo Harry abrir a boca, indignado. - Sei que você não quer isso... mas, bem... sabe, Rony tem todos aqueles irmãos competindo com ele em casa, e você é o melhor amigo dele e é realmente famoso, Rony é sempre deixado de lado quando as pessoas veem você, e ele aguenta isso sem reclamar, mas acho que mais essa vezinha foi demais...”
(J.K. Rowling, p.232)

Agora, assustado com a perspectiva de fracassar nas difíceis tarefas do torneio, o que pode levar à sua morte, Harry precisará mais do que nunca da ajuda de seus amigos, de seu padrinho, e de todos que ele poderá contar para salvá-lo nos momentos de maior aflição.

------------------------------------------------

Este é, sem dúvida, um dos melhores livros da série Harry Potter (embora para mim o segundo livro ainda ocupe o lugar de favorito <3), onde vemos claramente a transição da série, antes mais inocente, para algo mais sombrio, como se marcasse uma nova etapa na saga.

583 páginas | 1° edição | 2001 | Rocco





4 comentários:


  1. Hello,

    Bem eu gostei muito do blog!
    E ler Harry Potter e como um ouro sendo derramado
    Na alma, assim como mel na boca de crianças.
    ^^Beijinhos
    — H.L.Anjens
    Blog: hlanjens.blogspot.com.br
    Site: perolasazuis.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá :D
      Obrigada pela visita, e fico muito feliz que tenha gostado do blog ^-^
      Harry Potter é tudo de bom, né?! Por isso estou amando reler a série <3

      Excluir
  2. Oi Isabelle! ^^
    O quarto filme não foi o meu favorito, então acabei deixando o quarto livro um pouco de lado e só li uma vez. Mas estou relendo ele agora, só que em inglês. Me arrependi de tê-lo deixado de lado. Estou adorando a leitura!

    Beijos;

    Blog: http://hipercriativa.blogspot.com.br/
    Wattpad: https://www.wattpad.com/user/helainaideas
    Fanpage: https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helaina ^-^
      Esse livro é maravilhoso! O filme, infelizmente, não é "digno" do livro que deu origem a ele :/
      Reler em inglês deve ser muito bom *----* Pretendo reler em inglês quando terminar de reler em português <3

      Excluir