sexta-feira, 29 de julho de 2016

Semana Prodígios: Sobre a Autora / Pré-venda

Chegamos ao último dia! Espero que tenham gostado de ficar por dentro desta série que está enlouquecendo os leitores de fantasia e ficção científica. Para finalizar, falaremos sobre a autora, suas obras e algumas curiosidades.

L. L. Alves, nome artístico de Luene Langhammer Alves, é formada em Letras – Língua e Literaturas Inglesa pela Universidade Federal de Santa Catarina e escreve desde os 13 anos de idade, tendo produzido mais de dez livros e diversos contos.
Começou a ter gosto pela leitura ao ler a famosa série Harry Potter e nunca mais parou de ser sugada pelos livros. Foi aos 13 anos de idade que concluiu seu primeiro romance, Mudanças, e descobriu que escrever era o que queria fazer pelo resto da vida. Em 2010 ficou deslumbrada com a ideia de uma saga e de um sonho inusitado surgiu Instituição para Jovens Prodígios, uma série de quatro volumes que atualmente está sendo publicada no formato digital na Amazon. Procurando aumentar seu estilo de escrita, a autora começou a escrever contos em 2014, do sobrenatural ao erótico. De um conto despretensioso chamado Desejo e devido ao apelo dos fãs, L. L. Alves escreveu seu oitavo livro: As GRANDES Aventuras de Daniella, trabalhando com uma protagonista acima do peso e suas buscas de autoconhecimento. Sempre lidando com temas delicados e que tiram o leitor de sua zona de conforto, publicou seu primeiro new adult que fala sobre depressão e suicídio, Sebo Fernandes, na Amazon depois do sucesso na plataforma Wattpad.
A autora está sempre com novos projetos, seja sua primeira trilogia ambientada em um novo universo, romances únicos ou contos. L. L. Alves pretende continuar escrevendo cada vez mais livros intrigando o mundo com seus mistérios e fantasia, e nunca deixando a vontade de chegar à última página passar.
Livros publicados:
– Saga Prodígios: Instituição para Jovens Prodígios - A Seleção (formato e-book e em pré-venda), Instituição para Jovens Prodígios - A Traição e Instituição para Jovens Prodígios - A Revelação (formato e-book);
– Mudanças;
– Sebo Fernandes (formato e-book e no Wattpad);
– As GRANDES Aventuras de Daniella.

Você sabia que...

- Existem mais de 40 personagens fixas em toda a saga?
Nos primeiros livros, L. L. Alves introduz as personagens primárias, que estarão presentes em toda a trama. Aos poucos, outras são introduzidas e seus objetivos delineados. Ao todo, são quase 50 personagens: de estudantes, professores, funcionários a aparições esporádicas.
- O pseudônimo “L. L. Alves” é inspirado na escritora J. K. Rowling?
Depois de muito ponderar, L. L. Alves decidiu omitir uma parte de seu nome. Como é inspirada na J. K. Rowling, utiliza a mesma técnica da britânica e usa apenas somente as inicias e o sobrenome para assinar suas obras. O nome artístico faz sucesso entre os leitores.

Aproveite e adquira seu exemplar com preço exclusivo de pré-venda: somente R$19,90!!

Acompanhe a autora nas redes sociais:
Fanpage: www.facebook.com/EscritoraLLAlves
Twitter: @LueneLAlves
Instagram: @llalves_
Snapchat: llalvess
Esperamos que você tenha gostado desta semana especial! E já temos resenha do livro aqui no blog. Confira clicando aqui.



quinta-feira, 28 de julho de 2016

Resenha Premiada {Livro} - Meio Rei (Joe Abercrombie)


Livro cedido em parceria com a editora Arqueiro para resenha ♡

Yarvi nunca pediu para ser rei. Filho mais novo do rei de Getland, Uthrik, Yarvi nascera com uma deficiência em uma das mãos que o fizera ser considerado "meio homem", sendo então desprezado em seu reino apesar da descendência nobre. Entretanto, o que o jovem não tem em força física ele tem em inteligência, optando assim por entrar na Ministério, que virá a servir o reino não como um nobre, mas como um braço direito deste.

"[...] Você foi tocado pelo Pai Paz, Yarvi. Lembre-se sempre: os homens fortes são muitos; os sábios são poucos."
(Joe Abercrombie, p. 13)

Tudo estava em ordem até que o pai de Yarvi e seu irmão mais velho  - e futuro sucessor na linhagem dos reis de Gettland - são mortos, e assim Yarvi deverá assumir o trono, casando-se com a esposa que fora prometida ao irmão e tendo de deixar de lado seus planos ministeriais. Com este "fardo" pesando agora sobre suas costas, o jovem deverá aprender a comandar exércitos, brandir uma espada - tarefa extremamente difícil para quem tem somente uma das mãos boa o suficiente para manejá-la -, planejar uma vingança aos assassinos de seu pai e seu irmão, governar todo um reino... enfim, aprender a ser rei. 

"- Por causa da minha mão... ou da falta dela, eu teria que abrir mão de meu direito de nascença e entrar para o Ministério. Mas meu pai, Uthrik, foi morto. Traído por Grom-gil-Gorm e sua ministra, mãe Scaer [...] Eu comandei 27 navios num ataque contra eles. Meu tio Odem fez os planos [...]"
(Joe Abercrombie, pp. 164-165)

Após fazer um juramento ao reino que viria a governar, Yarvi e seu tio Odem, irmão de seu pai, junto com um pequeno exército, partem numa viagem para atacar o reino daquele que fora o responsável pela morte do rei e seu filho mais velho, o rei Grom-gil-Gorm. Mas uma terrível traição faz com que Yarvi não consiga vingar a morte de seu pai, e o jovem rei de Gettland acaba se tornando um escravo. 
Mais tarde, tendo sido vendido à capitã do navio Vento sul, Yarvi planeja voltar a seu reino e retomar seu trono, e para isso ele contará com a ajuda dos mais inusitados amigos (e guerreiros) que poderia ter feito, entre eles um escravo bastante velho e meio louco a quem chamam de Nada (melhor pessoa <3), um ex capataz, um escravo que já fora guerreiro de fato, dentre outros, que serão fundamentais para que Yarvi consiga voltar à Gettland e provar que tem todo o direito de ser rei - mesmo meio rei.

Repleto de aventura e ação, traições e muitas surpresas, Meio rei, primeiro livro da trilogia Mar despedaçado, do já aclamado Joe Abercrombie, prende o leitor do começo ao fim, seja pela ação recheada de detalhes, seja pelo humor (às vezes ácido) de Yarvi e cia., ou ainda pelo reino criado pelo autor, com suas próprias crenças espirituais (que me lembraram muitas vezes às mitologias greco-romana e egípcia) e sua organização política diferente do que estamos habituados a ler (eu pelo menos nunca tinha lido um livro cujos nobres, apesar de poderosos, obedecessem aos ministros, denominados Pais e Mães). Sem dúvida, uma aventura para todos os gostos!

281 páginas | 1ª edição | 2016 | Arqueiro




Calma que não acabou não! Gostou da história de Meio rei e quer ler também? Então não perca o sorteio do livro, realizado pelo Attraverso le Pagine em parceria com a editora Arqueiro. Para concorrer é muito simples. Basta preencher o formulário abaixo com o que for pedido, ter endereço de entrega no Brasil, deixar um comentário com seu e-mail neste post para validar sua participação e torcer para ganhar!
O resultado vai ao ar dia 28 de agosto ;)
Participe!
a Rafflecopter giveaway


quarta-feira, 27 de julho de 2016

Semana Prodígios: Playlist / Degustação

Depois de conhecer algumas personagens de forma descontraída, chegamos a mais um dia desta semana especial!! Vem ver o que preparamos para vocês.

Playlist, é claro! Afinal, o que é a vida sem música? Descubram agora quais músicas marcam os momentos de Lara no Rio e sua chegada em Sheffield. Lembrando que o ano em que se iniciam os acontecimentos é meados de 2009-2010. As melodias escolhidas são, na sua maioria, nacionais, já que nossa protagonista é brasileira, e se remetem a esta época. Outras são mais recentes e transmitem a atmosfera presente no livro*.
* referente somente ao primeiro volume da saga.
Degustação
Já entrou no clima? Então aproveite e leia o começo de “Instituição para Jovens Prodígios – A Seleção” através do Wattpad clicando aqui. Delicie-se com os primeiros capítulos e não deixe de comentar o que achou.
Você também pode receber uma amostra grátis pela Amazon na opção “envie uma amostra grátis” clicando aqui.

Lembrando que o livro está em pré-venda até dia 15/08 no site da Editora Essência Literária por SOMENTE R$19,90!
Adquira já o seu clicando aqui.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Semana Prodígios: Conhecendo as personagens

Chegamos ao segundo dia da Semana Prodígios. Hoje conheceremos alguns dos personagens essenciais para a trama: Lara Müller, a protagonista, Irene da Silva, sua melhor amiga, Hugh Howard, o prodígio mais inteligente de toda a Instituição, Patrick Humphrey, o amigo atrapalhado, Lucas Viera, o melhor amigo brasileiro, Akira Toshiyuki, aquele amigo que todos gostariam de ter, e Robert e Casandra, um casal inesperado. Vamos lá?

LARA MÜLLER
Data de nascimento: 21/12/1992
Idade inicial: 17 anos
Nacionalidade: Brasileira
Pais: Joaquim Müller e Renata Maria Müller.
Irmãos: Luana Müller e Mário Müller.
Personalidade / Características: Inteligente, distraída, teimosa e tímida. Lara Müller é a típica nerd que conhece todos os detalhes da série Harry Potter, sabe de cor as falas de filmes como Star Wars, e tem o seu própria Guia (sim, ela carrega uma toalha no ombro todo dia 25 de maio). Com uma personalidade forte, prefere se isolar das pessoas, mas isso muda quando encontra Irene em Sheffiled, já na Instituição. Seu melhor amigo é Lucas, um jovem carioca que nutre sentimentos por ela e que a entende melhor do que ela mesma. Seu corpo é bem desenvolvido para a idade, apesar de sempre se perguntar por que é a única da família que foi “agraciada” com a miopia. Seu estilo de se vestir é despreocupado: uma calça jeans, moletom, camisas confortáveis e, é claro, o bom e velho All Star. Não se preocupa demais com maquiagem ou acessórios, apenas em ocasiões especiais. Sua mente se desliga quando está desconfiada de algo ou precisa decifrar algum mistério. E Lara odeia, mais que tudo, não compreender alguma coisa.
Coitada, mal ela sabe que mistérios farão parte de sua vida...

IRENE ANDRADE DA SILVA
Data de nascimento: 16/06/1992
Idade inicial: 18 anos
Nacionalidade: Brasileira
Pais: Camila Andrade e Miguel Nogueira da Silva, José Albuquerque (padrasto)
Irmãos: Matheus Andrade da Silva, Bernardo Andrade da Silva e Ana Clara Andrade Albuquerque.
Personalidade / Características: Esperta, animada, criativa e dedicada. Irene Andrade da Silva é uma garota cheia de juventude e alegria para dar e vender. Tenta não perder o bom senso ou a alegria, procurando viver cada dia como se fosse o último. Dedicada, é gentil e gosta de fazer novas amizades, mesmo em situações extremas. Mas não são “apenas flores”, como dizem. Irene é teimosa e só acredita vendo. Quando não gosta de alguém é para sempre. Portanto, não pise no seu calo! Defende seus amigos com unhas e dentes, não importa o momento. No quesito visual, ela capricha. Seu cabelo cor de fogo chama atenção por onde passa, e Irene perde horas escolhendo seu modelito e preparando a make do dia. Tem mania de desaparecer às vezes e também possui alguns segredinhos...
Mas quem não tem?

HUGH HOWARD
Data de nascimento: 13/08/1990
Idade inicial: 20 anos
Nacionalidade: Britânico
Pais: Peter Howard e Emma Howard
Irmãos: Nenhum
Personalidade / Características: Perspicaz, lindo, sarcástico, misterioso e incrivelmente belo (acho que já foi mencionado). Hugh Howard é o típico sedutor e popular, que nunca diz exatamente o que pretende. Seus olhos azuis chamam atenção das garotas da Instituição – e dos garotos também – especialmente quando descobrem que ele é o prodígio que passou em primeiro lugar no teste. Tem um gosto secreto por peças teatrais e uma memória inigualável. Parecido com Lara, não possui muitos amigos, somente Patrick, e isola-se para pensar na vida e tudo mais. Seus demais interesses são desconhecidos, mas dizem que sua comida favorita são scones e que ele tem a mania chata de partir o coração dos pretendentes. Veste-se de forma discreta, mas de gosto caro – suéteres, jeans e sobretudos. Ele também precisa estar sempre um passo à frente, analisando suas opções e decidindo o que fazer – seja dando piscadelas significativas ou aproximando-se inesperadamente de uma garota nada popular.
Bom, eu ficaria contente se ele se aproximasse de mim...

PATRICK HUMPHREY
Data de nascimento: 22/02/1991
Idade inicial: 19 anos
Nacionalidade: Americano
Pais: Adam Humphrey e Lisa Humphrey
Irmãos: Nenhum
Parentes próximos: Phoebe Collins (tia)
Personalidade / Características: Astuto, forte, divertido e atrapalhado. Patrick Humphrey é um jovem de personalidade marcante que segue seus instintos e possui fortes ideais. Diz o que vem à cabeça, mas é atencioso e se preocupa com todos ao seu redor. Reclama constantemente da Inglaterra e sente falta do seu país natal, implicando com o melhor amigo sempre que possível. Tem uma paixonite por uma garota que conhece na Instituição e suas ações e expressões são óbvias e até que bonitinhas para quem vê de fora – o pior é que ela não vê! Veste-se com folga, com seus moletons de times de futebol americano e suéteres provavelmente tricotados pela tia – ninguém nunca teve coragem de perguntar. Às vezes tropeçando nos próprios pés, às vezes abraçando os amigos com força demais, Patrick demonstra ser um grande e confidente amigo...
Contudo, não dizem que as aparências enganam?

LUCAS BRAGA VIERA
Data de nascimento: 21/05/1991
Idade inicial: 18 anos
Nacionalidade: Brasileiro
Pais: Maria Luísa Braga e Nelson Graça Viera
Irmãos: Jonathan Braga Viera, Júlia Braga Viera, Leonardo Braga Viera, Letícia Braga Viera e Aline Braga Viera
Personalidade / Características: Prestativo, carinhoso, observador e determinado. Lucas Viera é o típico carioca que diz com orgulho “tá de caó”, “maneiro” e “qualé” quando está rodeado de amigos e o ambiente é descontraído. Nascido em uma família pobre com mais cinco irmãos, dedica-se ao estudo enquanto ajuda o pai na venda que está quase falindo antes de se jogar no mercado de trabalho. Joga bola quase todo dia no bairro e não se envolve com vizinhos que já se desviaram do caminho. Sua pele cor de chocolate chama atenção por onde passa, mas o rapaz nunca dá bola para nenhuma garota. Seus olhos estão sempre voltados para uma nerd que se esconde atrás dos livros e apenas o chama de amigo. Resoluto, não desiste fácil, mesmo quando descobre que a garota irá para outro país, a milhares de quilômetros de distância... Veste-se com simplicidade, short e camiseta sem manga, devido ao calor extremo do Rio de Janeiro. Possuidor de um bom coração, Lucas ainda tem esperança de um final feliz e fará de tudo para alcançar seus objetivos...
Porém, o que ele pode fazer se a garota que ama está longe e talvez não volte mais?

AKIRA TOSHIYUKI
Akira: 15/05/1993
Idade Inicial: 17 anos
Nacionalidade: Japonês
Pais: Hiroshi Toshiyuki e Asuka Toshiyuki
Irmãos: Masahiko Toshiyuki e Yoko Toshiyuki
Personalidade / Características: Sagaz, reservado, adorável e leal. Akira Toshi... Toshiyuki é quase uma criança quando entra na Instituição. Seus 17 anos se expressam em uma personalidade bondosa e justa. Procura fazer o certo e não admite que seja enganado – ou que assim o façam com seus amigos. Dono de uma inteligência inimaginável, especialmente no que se refere à tecnologia, tinha possibilidade de entrar em Harvard ou no MIT, mas eis que surge uma Instituição no meio do caminho... Sendo o filho mais novo em uma família tradicional japonesa, Akira não pode, de jeito nenhum, falhar. Está em uma constante busca por conhecimento – apesar de desejar passar mais tempo se divertindo. Veste-se com os melhores tecidos, sempre discretos, seguindo o estilo de vestimenta das escolas no Japão. Não parece interessar-se em romances ou dramas adolescentes. Sabe que, no fundo, está ali para adquirir conhecimento e se tornar um homem digno.
Uma dica que mais estudantes deviam seguir, não é?

ROBERT KING
Data de nascimento: 21/09/1989
Idade: 21 anos
Nacionalidade: Americano
Pais biológicos: Desconhecidos, Penrod Montgomery (pai adotivo)
Irmãos: Desconhecidos
Personalidade / Características: Bad boy. Simplesmente bad boy. Robert King não se importa com ninguém a não ser ele mesmo. Se tudo está bem com seu corpo e mente, por que se importar com o resto do mundo? Dono de uma personalidade difícil, o rapaz entra em constantes brigas e gosta de desafiar as regras. Não se importa em ser sincero, mesmo que magoe ou inflija dor em alguém – o que normalmente acontece. Há indícios de raros momentos de gentileza e de compaixão, mas não podem ser comprovados. Robert possui uma relação conturbada com Casandra, e também sente-se atraído, de uma forma assustadora e inexplicável, pela nerd brasileira... O rapaz se veste como um... Bom, bad boy. Camisetas pretas ou brancas, casacos de couro e sempre com caninos à mostra. Ninguém sabe o que ele quer ou sua motivação em amedrontar outros prodígios, mas parece que Robert sabe – e muito bem – quais seus desejos e objetivos.
E com certeza terá meios de alcançá-los.

CASANDRA KYLIE
Data de nascimento: 09/03/1990
Idade: 20 anos
Nacionalidade: Australiana
Pais: Kimberley Kylie, pai desconhecido
Irmãos: Nenhum
Personalidade / Características: Explosiva, indiferente, bela e decidida. Casandra Kylie é uma jovem que não admite que entrem em seu caminho. Não gosta que digam que está errada e detesta receber ordens – apesar de ser obrigada a obedecê-las. Com um passado desconhecido e um futuro incerto, procura se utilizar das situações da melhor forma possível, adaptando-se e movendo-se conforme a dança. Tem um relacionamento confuso com Robert, mas não sabe dizer exatamente por que o atura tanto. Não possui amigos ou confidentes; está sempre na sua, exceto quando chegam perto demais do namorado... Aí a coisa fica feia! Seus hobbies são: lançar olhares de dar calafrios, praguejar insultos e tentar não acertar todo mundo que cruza seu caminho – de acordo com a tal nerd.  Tem conhecimento de que para conseguir algo é necessário se arriscar...
Às vezes até mesmo tornando-se uma peça descartável de um tabuleiro...

Curiosos para saber qual a relação entre todas essas personagens?! Apenas lendo para descobrir ;)
Lembrando que o livro está em pré-venda até dia 15/08 no site da Editora Essência Literária por SOMENTE R$19,90!
Adquira já o seu clicando aqui.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Semana Prodígios: Bem-vindo à Instituição!

Em parceria com a L. L. Alves, autora do romance Mudanças, do chick-lit As GRANDES Aventuras de Daniella e do new-adult Sebo Fernandes, teremos uma semana especial dedicada a republicação de Instituição para Jovens Prodígios – A Seleção, com a Editora Essência Literária, onde iremos desvendar os mistérios que rondam as colinas verdejantes em Sheffield - postagens e torne-se também um prodígio!

Sinopse: Do subúrbio carioca para uma instituição de jovens superdotados na Inglaterra, Lara Müller, uma adolescente com todas as frustrações e inseguranças típicas da idade, aprenderá que, para realizar seu sonho, são necessários sacrifícios. Deixando tudo de mais precioso para trás, nossa protagonista irá encarar uma nova realidade, muitas vezes assustadora...
Quando Lara se deixa levar pela curiosidade e é atraída pelos novos ares de Sheffield, coisas ligeiramente estranhas começam a acontecer... Por que sente como se os alunos a conhecessem? Por que faz inimigos em tão pouco tempo? E, principalmente, quais os reais interesses dos mantenedores da poderosa Instituição para Jovens Prodígios? Com uma nova melhor amiga ao seu lado e um amor inesperado, Lara começa a acreditar que está ficando maluca...
É normal um pombo se comunicar com uma garota?
Era uma vez...
Instituição para Jovens Prodígios é uma série composta por quatro livros, sendo que o primeiro, A Seleção, está em pré-venda no site da Editora Essência Literária com muitas melhorias! Diagramação e revisão novas, incluindo um capítulo extra e ilustrações. Os três primeiros livros também estão disponíveis em formato e-book na Amazon.
A saga IJP é uma mistura de ação, aventura, romance e mistério. Afinal, o que aqueles jovens têm de tão especial? Qual o papel de Lara na Instituição?
Seja um dos 100 primeiros a adquirir o seu exemplar e leve-o AUTOGRAFADO pela autora. Os 50 primeiros levam brindes exclusivos.
- Compre em formato físico no site da editora clicando aqui.
Título: Instituição para Jovens Prodígios – A Seleção
Editora: Essência Literária
Ano: 2016
Preço: R$19,90 (+ frete)
- Compre em formato e-book na Amazon clicando aqui.

* Fique por dentro das opiniões dos leitores no site da autora, clicando aqui.

domingo, 24 de julho de 2016

Resenha {Livro} - O resgate do tigre (Colleen Houck)

Se você ainda não leu a resenha do livro anterior, A maldição do tigre, confira-a clicando aqui.

Livro cedido em parceria com a editora Arqueiro para resenha ♡

Após lutar contra terríveis demônios, os kappa, entre outros perigos, quebrando parte da maldição secular que atingira os irmãos príncipes indianos Dhiren (Ren) e Kishan, Kelsey está de volta ao Oregon. Triste por ter deixado seu tigre Ren para trás, na índia (por culpa dela mesma ¬¬'), Kelsey divide seus dias entre as aulas na faculde - onde o Sr. Kadam fizera questão de matriculá-la - e desastrosos encontros amorosos (para que ela pudesse esquecer Ren ¬¬'); até que Ren vai a seu encontro e os dois voltam enfim a ficar juntos. 
Porém a felicidade dos dois dura bem pouco: Lokesh, sabendo do papel fundamental de Kelsey em quebrar a maldição, está atrás dela, e caberá a Ren e seu irmão protege-la do temido vilão. 

"[...] Os fios da urdidura são grossos, fortes e normalmente simples, mas, sem eles, a trama não tem onde se agarrar. Seus tigres se agarram em você; precisam de você. Sem você, eles seriam levados pelos ventos do mundo."
(Colleen Houck, p. 193)

Acreditando que conseguiram, por hora, escapar do feiticeiro, eles retornam à Índia; mas, durante a fuga, Ren é sequestrado por Lokesh, que o faz seu prisioneiro. Agora o cumprimento da nova tarefa para quebrar mais uma parte da maldição do tigre dependerá de Kelsey e Kishan, que auxiliados pela deusa Durga e pelas pesquisas do Sr. Kadam partirão numa jornada repleta de aventuras, perigos e sentimentos inesperados.

Surpresas aguardam o leitor no segundo volume da série Maldição do tigre, que como diz na sinopse "[...] Com o dobro de ação, aventura e romance, este livro oferece a seus leitores uma experiência arrebatadora da primeira à última página."
Gostei bastante desse livro, embora tenha achado o começo meio arrastado (a Kelsey estava muito chata, se lamentando a todo momento pela "perda" do Ren ¬¬'); mas depois dessa parte, quando eles voltaram pra Índia, a ação veio com tudo, e até a parte mais romântica foi empolgante de ler (sou meio suspeita pra comentar sobre romance, porque não curto muito romance clichê, meloso e etc.). Kishan foi uma surpresa e tanto nesse livro, mostrando sua importância da mesma forma que Ren havia demonstrado no livro anterior; e a Kelsey está menos chata (depois daquele início cheio de "mimimi" por parte dela), o que mostrou mais do que nunca sua preocupação com os irmãos. 

421 páginas | 1° edição | 2012 | Arqueiro







sábado, 23 de julho de 2016

Leitura em conjunto: Agosto/2016

No mês que vem será realizado o projeto de leitura em conjunto do livro It: A coisa, e nós do Attraverso le Pagine não poderíamos ficar de fora *-*
Como eu e as meninas nunca lemos esse livro do mestre Stephen King (nem assistimos ao filme), decidimos que esta seria uma boa oportunidade para conhecer a obra (e, no meu caso, conhecer a escrita do tão falado escritor). 
O projeto consistirá basicamente em ler o livro (gigante *_*) durante o mês de agosto, seja em formato físico ou digital e ir comentando a experiência de leitura no grupo criado especialmente para isso - participe também clicando aqui.
Aproveitando o projeto, comentaremos também sobre nossas experiências com essa leitura aqui, pelo Instagram e pela fanpage no Facebook - e estamos tentando trazer uma surpresa para vocês. Fiquem ligados ;)

Agora é aguardar ansiosamente pelo mês que vem para começar a leitura.

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Recensione {Livro} - Curtindo a vida adoidado (Todd Strasser)

Acredito que a maioria das pessoas já tenham assistido ao filme Curtindo a vida adoidado (e se você ainda não fez isso, corre pra baixar, comprar o DVD, ver online, sei lá, dê um jeito mas veja essa obra prima do cinema!), e em comemoração aos 30 anos do famoso filme estrelado por Matthew Broderick, a editora Gutenberg (que gentilmente nos concedeu um exemplar do livro para resenha) lançou pela primeira vez no Brasil o livro inspirado no filme.
Allison, de O clube dos cinco, aprovou a leitura ;)
Ferris Bueller é o irmão do meio numa família de 4 filhos (sim, no livro ele tem 3 irmãos, e não apenas 1 irmã, como no filme), que apesar de ser grande não deixa de dar bastante atenção ao garoto. Numa bela e comum manhã, Ferris acredita que um dia perfeito como aquele não foi feito para ir à escola e decide então fingir-se de doente para que os pais o deixem matar aula - e assim ele poderá aproveitar seu dia da melhor maneira possível. Conseguindo enganar os pais, Ferris resolve ligar para seu melhor amigo, Cameron - este de fato doente - para que juntos possam aproveitar aquela manhã como nunca, e após conseguir tirar o amigo de casa, Ferris bola um plano para conseguir tirar sua namorada, Sloane, da escola. Após enganar o diretor com um plano genial (e meio absurdo), Ferris, Cameron e Sloane conseguem enfim seu "dia de folga", onde pretendem aproveitar ao máximo - segundo o próprio Ferris.
Enquanto isso, Jeanie, irmã mais velha de Ferris, é uma das únicas pessoas na cidade toda - porque Ferris conseguiu com que todos acreditassem que ele estava praticamente morrendo! - que parece que não caiu na brincadeira de Ferris, e está tentando fazer de tudo para alguém perceba que o garoto está mentindo sobre sua saúde para matar mais um dia de aulas. Mas a verdade é que Jeanie tem ciúmes de Ferris por ele ser o mais paparicado na família e conseguir tudo o que quer, inclusive a admiração de toda a escola, dos pais, e de mais tantas outras pessoas.
Detalhes internos do livro - uma diagramação linda e digna de Ferris Bueller <3

Ferris, Cameron e Sloane, por sua vez, estão tendo um dia completamente inusitado! Andando numa Ferrari, aproveitando um bom jogo de baseball, almoçando num restaurante chique, se destacando numa grande parada, Ferris - e seus amigos -, está fazendo o que sabe de melhor: aproveitar a vida da melhor forma possível!

"Ferris percebeu que ele e Cameron basicamente tinham a mesma filosofia de vida. A diferença era que, em vez de tentar provar sua ideia por meio de equações matemáticas, Ferris simplesmente vivia. Se ele visse uma oportunidade, não deixava passar. Se ele queria se divertir, ele ia se divertir. Estatística e morte inevitável não tinham nada a ver com aquilo."
(Todd Strasser, p.87)

E assim continua a história, acompanhando um dia incrível na vida de Ferris e cia., bem como na de sua irmã Jeanie e o diretor Rooney, que tentam a todo custo revelar a farsa do garoto.
 Cena do filme homônimo dirigido por John Hughes e estrelado por Matthew Broderick em 1986
Livro (com a capa inspirada no DVD) e o DVD do filme <3

"[...] A vida passa rápido demais. E se você não parar de vez em quando para vivê-la, vai acabar perdendo o seu tempo."
(Todd Strasser, p. 157)

Um livro leve, divertido, e por vezes "profundo" do garoto que só queria um dia de folga para curtir com os amigos antes de se formar.
Salve Ferris!
Uma das orelhas da capa e a contracapa - destaque para as artes vetoriais que dão todo um charme ao livro <3

* Fotos por Vanessa (Nessa)

157 páginas | 1° edição | 2016 | Gutenberg (Grupo Autêntica)






segunda-feira, 18 de julho de 2016

Resenha {Livro} - Instituição para jovens prodígios - A revelação (L.L. Alves)

E chegamos ao terceiro volume da série Instituição para Jovens Prodígios, da querida L.L. Alves, autora parceira do blog. Para conferir as resenhas dos livros anteriores da série (A seleção e A traição), clique respectivamente aqui e aqui. Lembrando que esta resenha terá spoilers dos livros anteriores, então leia por sua conta em risco ;)
Após descobrir os verdadeiros planos do jovem Hugh, que tanto amava, Lara está desconsolada! Com a amiga Irene ainda afastada, pois sofrera uma traição semelhante de Patrick e ainda estava mal por isso, Lara acaba recebendo apoio de quem menos esperava; e começa uma nova amizade com ninguém mais que Claire e sua colega de quarto, Alice. As novas amigas decidem então começar a investigar o que se esconde por trás da bela fachada da Instituição para Jovens Prodígios, e assim resolvem reunir outros estudantes que estejam interessados em descobrir a verdade, formando o grupo Anti-IJP. Nesse meio tempo, Irene e Lara reatam a amizade e a mineira passa a também integrar o recém formado grupo. Outros amigos de Lara também topam participar, dentre eles os simpáticos Akira e François, mostrando-se verdadeiros e leias amigos da carioca.
O grupo marca então uma reunião num lugar seguro antes de começarem a investigar, e é lá que Lara revela aos demais suas recém adquiridas habilidades especiais, incentivando-os a fazerem o mesmo caso possuam algo incomum como ela, revelando também o que ela e as amigas haviam descoberto antes de reuni-los: uma tal de "Operação Inglaterra" e "Paciente 0" - apesar de serem informações bem soltas e sem sentido até então. Entretanto, por menor que seja a informação, os demais integrantes do grupo ficou bastante intrigado, aceitando participar da investigação.
Enquanto isso, a Instituição marca uma viagem com os estudantes ao Museu do Louvre, na França, e não vendo mal algum nisso, Lara outros integrantes do Anti-IJP decidem ir. Tudo parecia correr bem na viagem até que Irene, Akira e mais alguns estudantes somem misteriosamente dentro do Museu, e nenhum professor da Instituição parece notar, ou quando nota, não se mostra nem um pouco preocupado com o sumiço repentino de seus alunos, retornando à Instituição como se nada tivesse acontecido, o que deixa Lara e os amigos de quem desaparecera ainda mais temerosos.
Durante essa viagem, Lara volta a se comunicar com um estranho já conhecido,alguém que comunicara-se com a jovem desde que ela entrara na Instituição através de sonhos e não revelara à jovem sua verdadeira identidade embora ela sempre perguntasse - mas que lhe servirá de grande ajuda para solucionar os mistérios que envolvem a Instituição.
Com este e tantos outros mistérios a serem resolvidos, Lara e todos do Anti-IJP enfrentará os poderosos da Instituição a fim de desmascarar o que quer que seja o diretor Ilo esteja armando.
Este terceiro volume da sala de Lara Müller está repleto de ação e reviravoltas surpreendentes (se preparem para o final!), além de responder aos questionamentos não respondidos nos dois anteriores.
Preparem-se para mais uma grande aventura nesta misteriosa Instituição com Lara, Irene, Akira, Fraçois, entre tantos outros que amamos ao ler esta série maravilhosa!

"Lara Müller estava ficando maluca, só podia. Seus sentidos começaram a se aguçar, sua visão melhorou de um dia para o outro, deparou-se com uma cobra e um urso nas propriedades da Instituição e, como se já não bastasse, um pombo começou a visitá-la, dizendo que ela era uma das escolhidas. Dentre tantos acontecimentos bizarros e sem explicação, ela conhecera Hugh Howard e cometera o terrível erro de se apaixonar."
(Instituição para jovens prodígios - A revelação, L.L. Alves)

353 páginas | 1° edição | 2014 | Compre o ebook pela Amazon clicando aqui.



quinta-feira, 14 de julho de 2016

Resenha {Livro} - Para onde ela foi (Gayle Forman)

Atenção! Esta resenha contém spoiler do livro Se eu ficar, antecessor deste. Leia por sua conta em risco - e se ainda não leu o primeiro livro, confira a resenha dele clicando aqui.

Depois do trágico acidente que tirou a vida dos pais e do irmãozinho de Mia, a jovem, sendo a única a sobreviver, a ficar, tem agora que seguir com sua vida. Tendo sido aceita na tão sonhada Juliard, Mia sai de sua cidade para continuar seus estudos de música com seu violoncelo.
Enquanto isso, o namorado de Mia, Adam, chegou ao ápice de sua carreira como “astro do rock”. Com o estrondoso sucesso da Shooting Star, Adam e os demais integrantes da banda vivem como verdadeiras celebridades, cercados por fãs, paparazzos, roddies, com pedidos de entrevistas para jornais, revistas e sites famosos; mas isso não ainda não é o bastante para Adam. Tendo perdido o contato com Mia pouco depois de ela ter ido para Juliard, Adam está inconsolável. Sentindo que tivera um rompimento abrupto e sem muitas explicações com a menina, Adam pensa nela a todo instante - mesmo que seja doloroso -, o que deixa sua nova namorada, a estrela de cinema Byrn, bastante irritada. Sem falar dos integrantes da banda, que muitas vezes não podem contar com o jovem, uma vez que este vive à base de calmantes em decorrência da fama e rotina intensa. Nem mesmo a música é mais a mesma coisa para Adam, que agora a vê como uma obrigação e não mais como um prazer.

“Então é assim que ficou? É assim que eu fiquei? Uma contradição ambulante, sou cercado por gente e me sinto sozinho. Clamo por um pouco de normalidade, mas, agora, que tenho um pouco, é como se não soubesse o que fazer com isso, não sei mais como ser uma pessoa normal.”
(Gayle Forman, p. 32)

Numa noite após dar uma entrevista para um site famoso, Adam decide ir ao concerto que Mia estava fazendo na cidade. Chega então sorrateiramente - já que pelo menos ali não poderia ser reconhecido por conta do público que frequentava o local -, compra ingressos para o concerto e vai assisti-lo, apreciando cada detalhe da música de Mia. Ao final do show, porém, descobre que fora reconhecido e que Mia sabe de sua presença ali, tendo inclusive chamado por ele. E é aí que tudo na nova vida de Adam está prestes a mudar...

“[...] Concerto não significa ficar de pé como um alvo na frente de milhares de estranhos. Significa se juntar. Significa harmonia.”
(Gayle Forman, p.197)

Este livro, diferente do anterior, é contato pelo ponto de vista de Adam, e nele podemos ver o que aconteceu com ele após o trágico acidente da família de Mia. Se por um lado Mia perdeu toda sua família, por outro Adam perdeu sua “quase família” e a namorada que tanto amava, o que deixou-o devastado. Somando-se a isso a enorme fama recente, ele se vê cada vez mais pressionado: a ser bom, a ser o melhor da música, a ter que aguentar, suportar tudo isso sem aquela que ele amou desde os primeiros instantes.

Com uma carga dramática não tão grande quanto o primeiro - mas ainda sim um pouco emocionante, principalmente após o reencontro dos dois - Para onde ela foi é aquele livro que responde às perguntas que a maioria dos leitores se faz ao terminar um bom livro: e agora, o que acontecerá com as personagens? Eu confesso que após ler Se eu ficar não acreditei que precisasse de continuação; para mim a história tinha terminado “bem” daquele jeito. Mas após ler a continuação achei-a bastante pertinente, especialmente por mostrar o lado de outra personagem que não a principal.
Enfim, não entrarei em mais detalhes para não estragar a surpresa. Só recomendo que leiam e emocionem-se (e encantem-se!) mais uma vez com as histórias de Mia e Adam.


219 páginas | 1° edição | 2014 | Novo Conceito





segunda-feira, 11 de julho de 2016

Resenha {Livro} - O doador de memórias (Lois Lowry)

Imagina viver sem dor. Imagina um lugar onde a desigualdade não existe e ninguém nem sequer ouviu falar em guerra. Perfeito, não é mesmo? Nem tanto. Se por um lado, nesse mundo criado por Lois Lowry, não há nenhum tipo de conflito, nem fome, nem frio, ou seja, tudo que há de negativo no nosso mundo; por outro, também não existe o que há de melhor na nossa realidade como desejo, alegria, Liberdade, Amor. Talvez você, leitor, conheça essa realidade da qual descrevo, caso tenha lido o livro O Doador de Memórias ou até visto o filme. 
Há séculos estava ansiosa para ler esta obra da Lowry: encantei-me pelo filme, fiquei curiosa para saber mais e cheguei ao livro (depois de séculos enrolando). E, claro, não me decepcionei com a história “distópica”.
Em apenas 192 páginas e uma linguagem extremamente cativante, relaxante (e gostosa), conhecemos a vida de Jonas. Ele é um menino entrando na adolescência que vive numa casa com seu pai, sua mãe e sua irmã. Até ai, tudo normal. Mas ele vive numa comunidade onde todos são tratados igualmente, desde o jeito até a roupa que vestem. São também extremamente regidos por regras. Aliás, eu já teria levado uma punição por usar a palavra “extremamente”, pois é forte, sem nenhuma precisão (o controle é grande até mesmo no modo de falar). Cada pessoa dessa comunidade de Jonas tem uma função, que muda a cada “idade”. E Jonas, já com 11 anos, passará por uma seleção, a mais importante – Cerimônia dos Doze – onde o Comitê de Anciãos indicarão uma atribuição para ele e outros jovens do novo grupo dos Doze. Essa “atribuição” seria a profissão que cada pessoa é indicada, sem poder escolher o que seguirá. Sem mencionar que crianças com 12 anos já são praticamente adultos. Estranho, não?! O personagem acaba sendo escolhido (mais precisão de palavras) para ser o novo Recebedor, a pessoa mais respeitada da comunidade e que raramente essa escolha ocorre. 
Conforme a história se desenrola, vemos Jonas ser treinado pelo Doador, onde o mesmo fornece para o menino várias memórias de um tempo muito distante. É a partir daí que Jonas conhece o que é a Dor, Felicidade, Tristeza, Morte e Amor. Mas nessa sua função, o menino não pode revelar nada para seus amigos nem membros de sua unidade familiar (que ele descobre ser, na verdade, sua Família, incompleta). Então, ele começa a perceber o peso de carregar segredos tão grandes, sentimentos tão fortes como a Dor e não poder dividi-los com mais ninguém. Percebe também que o modo que a comunidade vive e como foi ensinado a viver não está certo e que isso precisa mudar. 
O mais lindo dessa obra incrível são as analogias durante todo o livro. Podemos perceber o quanto a Memória é importante, pois é através dela que resgatamos pensamentos, sentimentos e sabedoria, podendo escolher o nosso caminho. (“As memórias não são apenas sobre o passado, elas determinam o nosso futuro.”) Por exemplo: o Doador – que detém todas as memórias da comunidade e do mundo no livro – diz que sempre que o Conselho se vê diante de uma situação desconhecida, ele é chamado para aconselhar já que é o único que detém o Conhecimento de fatos do passado; então pode “olhar para o passado” e tomar uma decisão que será boa para a comunidade, evitando guerras, fome e muitos outros males. E é o que vemos hoje em dia. Vamos pensar: diante de toda a crise política e econômica que o Brasil vem sofrendo, muitos “opinam” de forma errada e equivocada, estimulando até mesmo brigas entre grupos opostos; muitos se acham especialistas em História, sendo que nunca leu um livro decente referente ao assunto. Olha o caos! 
 Cenas do filme baseado no livro de Lowry

O Doador de Memórias, primeiro livro de uma série de 4, nos apresenta o quanto a Memória e o Conhecimento são importantes para a Vida. Quando Jonas passa a ter esse Conhecimento, sua Vida passa a ter Cor (literalmente; e o filme retrata muito bem essa parte). Vemos também no livro a falta de Liberdade: os personagens não são livres para tomar decisões, por mais que elas sejam escolhas ruins. "Quando as pessoas têm a liberdade de escolha, elas escolhem errado.” Eis o resumo do filme! 
Enfim, essa resenha foi muito difícil de escrever, terrivelmente tenso de passar todas minhas ideias e sentimentos para o papel (no caso, para a tela do computador). Quero, um dia, fazer um vídeo falando dessa obra incrível, espetacular. Espero que tenham gostado da resenha. Se já leu o livro: dê sua opinião. Se não leu, está na hora de ler este que foi o melhor livro que li em 2016. E vamos colocar em prática tudo o que a história nos passa: vamos ler e adquirir conhecimento e sabedoria para sair da Mesmice. 

Frase: “– Bom… – Jonas parou para refletir. – Se tudo é sempre o mesmo, então não há escolhas!  Quero acordar de manhã e decidir coisas! Hoje vou vestir uma túnica azul ou uma vermelha. – Baixou os olhos para si, para o tecido sem cor de sua roupa. – Mas é tudo igual, sempre.  
Então riu um pouco. – Sei que não importa o que a gente veste. Não faz diferença. Mas… 
– Poder escolher é que é importante, não é? – perguntou o Doador. Jonas concordou.” 
(Louis Lowry, p. 86)

Malfeito feito.

192 páginas | 1° edição | 2014 | Arqueiro




sábado, 9 de julho de 2016

{Lanciare} - Editora Arqueiro e Editora Sextante (Julho de 2016)

Mais um mês chega e com ele nossas amadas editoras parceiras Arqueiro e Sextante nos trazem livros incríveis que nos dão vontade de largar tudo que estamos lendo e ir correndo garantir seus lançamentos. E eu juro pra vocês que não é exagero: estou louca pra ler os lançamentos desse mês *-*
Confiram a seguir alguns desses lançamentos maravilhosos (e vamos acrescentar mais algumas leituras às nossas listas *-*):
O eterno namorado (Nora Roberts)
Lançamento: 18/07 | 304 páginas
Sinopse: Tudo o que acontece na vida de Owen Montgomery é meticulosamente organizado em uma planilha ou lista de tarefas. No trabalho não é diferente, e é graças a sua obsessão por ordem que a Pousada Boonsboro está prestes a ser inaugurada ­– dentro do cronograma. 
A única coisa que Owen jamais previu foi o efeito que Avery MacTavish teria sobre ele. A proprietária da pizzaria em frente à pousada sempre foi amiga da família e agora, enquanto vê em primeira mão a fantástica reforma pela qual o lugar está passando, também observa a mudança gradativa de seus sentimentos por Owen. 
Os dois foram namorados de infância, e desde então tinham estado bem distantes dos pensamentos um do outro. O desejo que começa a surgir entre eles, porém, não tem nada de inocente e é impossível de ignorar. 
Enquanto Owen e Avery decidem se render à paixão e levar seu relacionamento a um nível mais sério, a inauguração da pousada se aproxima e dá a toda a cidade um motivo para comemorar. Mas quando os traumas do passado de Avery batem à porta e a impedem de se entregar, Owen sabe que seu trabalho está longe de terminar. Agora ele precisa convencê-la a baixar a guarda e perceber que aquele que foi seu primeiro amor pode também ser seu eterno namorado.

Para sempre minha (Abbi Glines)
Lançamento: 13/07 | 208 páginas
Sinopse: Alguns dos jovens de Rosemary Beach consideram Tripp Newark um herói. Há oito anos, ele abandonou uma vida meticulosamente planejada pelos pais para conquistar a independência. Pilotando sua Harley, Tripp desapareceu da cidade para viajar pelo mundo. E essa decisão o fez perder muito mais do que os milhões que herdaria.
Bethy Lowry está vivendo o pior momento de sua vida. Há um ano e meio, Jace, seu namorado, morreu afogado ao salvá-la de uma forte correnteza. Sofrendo um período turbulento e ainda consumida pela culpa, ela vive sua rotina de maneira automática, com a certeza de que nunca mais voltará a amar.
No entanto, sua vida está prestes a mudar. Quando tinha apenas 16 anos, Bethy teve um tórrido romance com Tripp, que é primo de Jace. Esse segredo continuaria enterrado para sempre se não fosse por um detalhe: Tripp Newark está de volta e determinado a reconquistá-la.
Na série Perfeição, você conheceu o anjo da guarda de Della e sentiu a dor da perda de Bethy. Agora, Abbi Glines reúne esse surpreendente casal para mostrar que nunca é tarde demais para reviver uma paixão.

Veneno (Mia Sheridan)
Lançamento: 11/07 | 352 páginas
Sinopse: Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Esta história se baseia na mitologia de Escorpião e fala sobre os acasos da vida.
Grace Hamilton tem 23 anos e é estudante de direito. Após as dificuldades enfrentadas na infância, ela faz de tudo para não decepcionar o pai, segue todas as regras, é dedicada e cheia de planos. Porém, após viajar para uma conferência de direito em Las Vegas e conhecer Carson Stinger, ela começa a repensar a vida.
Sexy e impulsivo, Carson é um ator que gosta de curtir o momento e nunca se apegou a ninguém. Mas isso muda quando seu caminho cruza com o de Grace, uma universitária certinha e diferente de todas as mulheres que ele já conheceu.
Ao longo de um fim de semana inesquecível, eles superam os próprios preconceitos e se entregam ao desejo. Pela primeira vez na vida, Grace se permite quebrar as regras e Carson se deixa envolver de verdade. Quando se despedem, nenhum dos dois é mais o mesmo, mas ambos têm certeza de que jamais voltarão a se ver.
Contudo, anos depois eles estão de novo frente a frente: ele, apoiando o amigo acusado de homicídio; ela, sendo a promotora encarregada do caso. Mais uma vez a chama da paixão se acende em Carson e Grace e as circunstâncias parecem afastá-los. Se a vida nem sempre pode ser planejada, será que o acaso conseguirá ajudá-los a ficar juntos?
Pecados no inverso (Lisa Kleypas)
Lançamento: 11/07/2016 | 256 páginas
Sinopse: Do quarteto de amigas, Evangeline Jenner é certamente a mais tímida. E se tornará a mais rica quando receber a herança de seu pai, acamado com tuberculose. Mas Evie não se importa com o dinheiro. Tudo o que deseja é estar ao lado do pai em seus últimos dias. 
Porém isso só será possível se ela puder escapar da casa dos tios que a criaram. E, para isso, sua única alternativa é casar-se – e rápido. Assim, ela foge no meio da noite para a casa do devasso lorde St. Vincent e lhe propõe casamento em troca de poder cuidar do pai. 
Para um aristocrata que precisa de dinheiro, essa é uma excelente proposta. Afinal, é difícil conquistar uma moça rica e solteira quando se tem a reputação de Sebastian – trinta segundos a sós com ele arruinariam o bom nome de qualquer donzela. 
Mas há uma condição na proposta de Evie: uma vez consumado o casamento, eles nunca mais dormirão juntos. Ela não será mais uma mulher descartada por ele com o coração partido. Se Sebastian realmente a deseja em sua cama, terá que se esforçar mais em sua sedução... ou entregar seu coração pela primeira vez na vida. 
Neste terceiro livro da série As Quatro Estações do Amor, Lisa Kleypas nos apresenta o relacionamento de duas pessoas muito diferentes, mas igualmente obstinadas. E dessa relação tão peculiar pode nascer um desejo impossível de conter e um sentimento forte demais para esconder. Quem disse que os cafajestes não podem amar?

Apenas um garoto (Bill Konigsberg)
Lançamento: 11/07 | 256 páginas
Sinopse: Rafe saiu do armário aos 13 anos e nunca sofreu bullying. Mas está cansado de ser rotulado como o garoto gay, o porta-voz de uma causa.
Por isso ele decide entrar numa escola só para meninos em outro estado e manter sua orientação sexual em segredo: não com o objetivo de voltar para o armário e sim para nascer de novo, como uma folha em branco.
O plano funciona no início, e ele chega até a fazer parte do grupo dos atletas e do time de futebol. Mas as coisas se complicam quando ele percebe que está se apaixonando por um de seus novos amigos héteros.

A longa e sombria hora do chá da alma (Douglas Adams)
224 páginas
Sinopse: Kate Schechter devia ter prestado atenção aos avisos que o universo tentava lhe dar. No aeroporto de Heathrow, prestes a embarcar para a Noruega, a americana pensa em todos os sinais que lhe diziam para não fazer aquela viagem. Ainda assim, ela não está nem um pouco preparada para a explosão do balcão de check-in, que destrói parte do terminal.
Enquanto isso, no norte de Londres, o detetive Dirk Gently está no fundo do poço: sem dinheiro, vive de bicos como quiromante numa tendinha. Refletindo sobre seu fracasso, ele lembra de repente que, na verdade, tem um cliente e está absurdamente atrasado para o encontro aquela manhã.
Porém, o investigador chega tarde demais. Sentindo-se culpado pela sina do homem, ele resolve mais uma vez fazer uso da interconexão de todas as coisas e vê uma ligação do seu caso com os estranhos eventos no aeroporto.
Abrindo caminho em meio aos elementos mais absurdos, Dirk se depara com uma máquina de refrigerante que aparece nos lugares mais improváveis, uma águia hostil que insiste em atacá-lo, um hospital sinistro para casos exóticos, horóscopos insultuosos e uma calculadora de I Ching.
Neste delicioso livro que dá continuação à série de Dirk Gently, o leitor se
surpreenderá ao observar como todas as peças do quebra-cabeça se encaixam para formar uma trama genial e hilária.
Diário de um zumbi do Minecraft 7 (Herobrine Books)
112 páginas
Sinopse: A cada cem anos, uma horda de zumbis se reúne para provocar o caos. Um ataque surpresa? Não! É a reunião da família Zumbi!
Matusalém Zumbi, o tatatatatatataravô do zumbi, vai completar 1.000 aninhos!
Para comemorar essa data tão especial, a família inteira vai se encontrar no Grande Cânion Zumbi.
Só que as coisas nunca são fáceis para o nosso amigo e, depois de uma confusão, o zumbi ficará perdido no meio do nada.
Pelo menos ele não estará sozinho. Com a ajuda de Piggy, Steve e o irmão caçula, o zumbi terá que enfrentar muitos perigos para voltar para sua família.
Será que eles vão conseguir sobreviver à maior aventura de suas vidas?
NESTE VOLUME: CUIDADO COM O PERIGOSO JOE DAS MINAS!

Eu sou as escolhas que faço (Elle Luna)
176 páginas
Sinopse: Há dois caminhos na vida: o caminho da segurança e o da paixão. Sempre encontramos essa encruzilhada. E, todos os dias, fazemos uma escolha.
Que escolha você tem feito?
Cada um de nós tem um potencial único que nos foi dado ao nascer, mas se vamos cultivá-lo ou não depende apenas de nós mesmos. Em seu sentido mais puro, a paixão é a razão por estarmos aqui – e escolher
segui-la é a jornada mais importante da nossa vida.

101 brasileiros que fizeram história (Jorge Caldeira)
101 páginas
Sinopse: Uma saga em 101 vidas.
Você vai conhecer os grandes construtores do Brasil.
Desde o primeiro homem a desembarcar de um navio, em 1500, e conviver com os habitantes da floresta tropical, até figuras notáveis dos dias de hoje que empreenderam o desafio de viver na primeira sociedade multiétnica do planeta. Fizeram uma grande história.
Uma leitura surpreendente e imperdível.
“Cinco séculos depois, o Brasil continua um mistério – pelo menos semântico. O fato é que, como marujos em meio ao nevoeiro, ninguém sabe ao certo o que Brasil quer dizer – nem mesmo se é com o S habitual ou com um Z ancestral.
Talvez seja nessa dubiedade que se encontre a gênese do Brasil e seu duplo — essa espécie de síndrome que justapõe o país real ao país imaginário. O lugar onde os clichês se despedaçam e no qual o “país de contrastes” vira o país das contradições, onde a pátria do homem cordial transborda em discórdia e o suposto caldeirão que mistura todas as cores e raças mais parece um liquidificador — como se a aquarela do Brasil fosse um borrão abstrato.
---------------------------------------------------------------------
Então pessoal, o que acharam dos lançamentos? Ansiosos por algum (ou alguns) destes livros? 
Além dos lançamentos literários temos também duas novidades relacionadas aos livros da editora Arqueiro. A primeira delas foi o lançamento no mês passado da série de TV The Shannara Chronicles no canal Syfy, série baseada no livro de Terry Brook, A espada de Shannara.
A segunda é a adaptação cinematográfica do livro Inferno, de Dan Brown, que chega aos cinemas em outubro deste ano. Ansiosos pelo filme?

E por hoje é só, pessoal. Espero que tenham gostado dos lançamentos e das novidades e até a próxima ;)

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Resenha {Livro} - Tudo e todas as coisas (Nicola Yoon)

O que posso dizer sobre este livro é que, como diz em sua contracapa, ele é um livro onde você vai encontrar amor e drama. E digo mais: você vai encontrar muito amor, de todos os tipos, com ênfase maior no amor entre mãe e filha, entre uma menina e um menino, entre uma amiga e outra amiga e no amor doentio.
Tudo e Todas as Coisa nos conta a história de Madeline Whitter, uma menina com 18 anos e que simplesmente nunca saiu de casa, por ter uma doença chamada IDCG (Imunodeficiência Combinada Grave), onde tudo pode desencadear uma série de alergias e causar até mesmo a morte.
Acredita-se que Maddy desenvolveu essa doença um tempo depois da morte de seu pai e seu irmão, que foi em um acidente de carro, quando ainda era bem pequena, foi quando as suspeitas da doença surgiram. O que aconteceu com o marido o e filho, deixou Pauline, mãe de Maddy, muito mal e com uma proteção obsessiva com a filha.
Também encontramos Carla, a enfermeira de Maddy, que cuida dela 8 horas por dia. As duas são muito amigas e é Carla que ajuda Maddy a desvendar um baita mistério muito importante da vida dela.
Outro personagem, muitíssimo importante é o Olly, e como não se apaixonar por ele, carinhoso e divertido, ele é incrível.
Como Madeline não podia sair de casa, ela observava o mundo através da sua janela, e foi assim que conheceu Olly quando ele estava se mudando para casa ao lado. 
Um grande interesse dela por ele e vice-versa surgiu através da janela, os dois começaram a trocar e-mails e um amor, mais que verdadeiro, nasceu entre os dois e a partir daí, loucuras acontecem, viagens e encontros. Muito romance, revelações e entregas existem entre Olly e Maddy, é um amor muito fofo, verdadeiro, o tipo de amor que todos sonham.
Bom, nossa personagem é muito forte, e aos poucos vai vencendo seus medos e se arriscando em um mundo completamente novo para ela; sua busca por viver é a base desse livro, ela não quer mais se acomodar em viver trancada, ela quer conhecer tudo, e o drama que a autora coloca nas escolhas dela, foram muito bem trabalhadas.

Super recomendo! Ri e levei vários choques lendo, além de me fazer ter mais certeza ainda, que o amor é algo realmente inexplicável; meu livro está cheio de Post-its, pois essa leitura realmente cativa; e é um livro rápido, não dá vontade de parar de ler.
Leiam e depois me contem, Tudo e Todas as Coisas é realmente cativante, e também cheio de dicas literárias, pois a Maddy adora ler.

“[...] De uma coisa eu tenho certeza: a vontade só leva a mais vontades. Não há limite para o desejo.” (Nicola Yoon).

304 páginas | 1ª edição | 2016 | Novo Conceito




segunda-feira, 4 de julho de 2016

Resenha {Livro} - Harry Potter e as Relíquias da Morte (J.K. Rowling)

E chega ao "fim" a saga de Harry Potter - e o final do desafio/projeto #vamosrelerHP (que eu terminei de reler em abril mas só fiz a resenha agora; shame on me :S). Anyway, já aviso: a resenha contém spoilers dos livros (e filmes) anteriores - e vocês podem ler as respectivas resenhas clicando aqui (livro 1), aqui (livro 2), aqui (livro 3), aqui (livro 4), aqui (livro 5) e aqui (livro 6).
Agora, vamos enfim à resenha *-*
O mundo está ameaçado! Voldemort retornou com todo seu poder e glória do passado, o que inclui reunir seus seguidores, os Comensais da Morte, que agora comandam o mundo bruxo, desde o Ministério até Hogwarts. E a fúria do terrível bruxo está cada dia maior por não ter ainda alcançado seu principal objetivo: matar o jovem bruxo Harry Potter.

"- Cuidarei do garoto pessoalmente. Cometeram-se erros demais com relação a Harry Potter. Alguns foram meus. Que Potter ainda esteja vivo deve-se mais aos meus erros do que aos meus êxitos."
(J.K. Rowling, p. 13)

Não apenas o mundo bruxo está sofrendo com a opressão do Lorde das Trevas: o mundo trouxa também está em perigo, com diversas mortes de trouxas ligadas ao bruxo e seus seguidores.

"- Esses acidentes não são acidentes, as colisões, as explosões [...] As pessoas estão desaparecendo e morrendo, e é ele que está por trás de tudo: Voldemort [...]"
(J.K. Rowling, p. 32)

Enquanto isso, Harry está deixando a casa de seus tios, os Dursley - bem como o mundo trouxa - para trás e com a ajuda de bruxos ainda fiéis aos ideias de Dumbledore, como Lupin, Tonks e Moody, parte em direção à Toca, residência da família Weasley, onde acontecerá o casamento de Gui, irmão mais velho de Rony, Fred, George e cia., e Fleur Delacour - apesar dos acontecimentos recentes.
Harry planejara sair de lá logo após o casamento para ir atrás de Voldemort e combatê-lo sozinho (sempre o complexo de herói ¬¬), porém uma notícia inesperada faz com que ele e seus sempre leais amigos, Rony e Hermione, saiam de lá imediatamente e praticamente fugidos, porém sem deixar de levar alguns presentes que Dumbledore lhes deixara em testamento - o que desagradara bastante o então Ministro da Magia, Rufus Scrimgeour, que ficara incumbido de lhes entregar os objetos (o Ministro da Magia mais chato de todos! Saudades do Fudge nessa hora ¬¬').
Agora, correndo contra o tempo para decifrar as pistas deixadas por Dumbledore através destes objetos - fundamentais em sua missão em derrotar o Lorde das Trevas -, sendo procurados pelas autoridades bruxas por terem usado magia fora da escola sendo ainda menores de idade, Harry, Rony e Hermione terão que se arriscar (de novo!) para salvar o mundo bruxo - e, consequentemente, o mundo trouxa -, colocando à prova sua amizade, lealdade e coragem.
Fortes emoções (muitas mortes de pessoas queridas estão por vir, então preparem os lencinhos), surpresas e aventuras aguardam o leitor neste volume, que "encerra" a saga do menino que sobreviveu. Um livro (e série) para ser lido, relido e para sempre apreciado (a magia nunca terminará!).

590 páginas | 1° edição | 2007 | Rocco